Crianças, Cuidados, Saúde

A exposição ao sol, de maneira correta, é bastante benéfica para uma criança. Os raios solares estimulam a produção de vitamina D e, consequentemente, auxiliam no crescimento dos ossos, no aumento da absorção de fósforo e cálcio, no fortalecimento da imunidade e até mesmo no desenvolvimento cognitivo.

Mas atenção, mamãe! Alguns cuidados precisam ser tomados na hora de expor o seu pequeno ao sol, principalmente nesta época do ano. Fique de olho no seguinte: 

+ No caso de bebês:

Hidratação: Mantenha o bebê sempre hidratado, com água ou leite materno;

Horário: Deixe-o exposto ao sol por no máximo 10 minutos. Os horários mais adequados para a exposição são antes das 9h e depois das 17h;

Proteção: Proteja a cabeça e o rosto, evite roupas pesadas e utilize protetor solar se houver recomendação do pediatra;

Pele: Fique sempre atenta ao aparecimento de vermelhidão ou brotoejas, a pele do bebê é bastante sensível.


+ No caso de crianças pequenas: 

Hidratação: Mantenha a criança sempre hidratada, ofereça água, suco natural ou água de coco;

Horário: Os horários mais adequados para a exposição são antes das 9h e depois das 17h;

Proteção: Utilize sempre roupas de algodão e passe a cada 2 horas um protetor solar adequado para a pele infantil;

Pele: Fique sempre atenta ao aparecimento de vermelhidão ou brotoejas, algumas crianças possuem a pele bastante sensível aos raios solares.


De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, a exposição excessiva da criança ao sol pode causar, futuramente, o envelhecimento precoce, câncer de pele e até mesmo catarata.

Mas não precisa ter medo. O sol, de forma adequada, é extremamente recomendado para o desenvolvimento saudável do seu filho. Basta tomar os cuidados necessários. Caso você perceba alguma alteração na pele do pequeno, ou se tiver alguma dúvida sobre o assunto, procure o auxílio de um pediatra. 

0

Crianças, Cuidados, Educação, Imunização, Saúde
 
Muitas mamães têm dúvidas sobre as vacinas que os bebês precisam tomar. É normal! Um bebê requer muitos cuidados e a vacinação é um dos principais.

O calendário de vacinação do bebê inclui as vacinas que o pequeno precisa tomar desde que nasce até os 4 anos. O recém-nascido ainda não possui o sistema de defesa forte o suficiente para combater infecções, por isso as vacinas são tão importantes nessa fase. Elas terão um papel fundamental na estimulação das defesas do organismo.

As vacinas podem ser administradas na maternidade, em postos de saúde ou em clínicas particulares. São essas daqui:

Ao nascer: BCG e vacina de hepatite B;


2 meses: Vacina Pentavalente, VIP, VORH e vacina pneumocócica 10;


3 meses: Vacina meningocócica C;


4 meses: Vacina pentavalente, VIP, VORH e Vacina pneumocócica 10;


5 meses: Vacina meningocócica C;


6 meses: Vacina pentavalente e VIP;


9 meses: Vacina de febre amarela;


12 meses: Tríplice viral, vacina pneumocócica 10 e Vacina meningocócica C;


15 meses: VOP, vacina de hepatite A, tríplice bacteriana e tetra viral;


4 anos: Tríplice bacteriana, VOP e vacina varicela.


Fique atenta ao calendário de vacinas, mamãe! Assim, seu bebê vai crescer lindo e saudável. Para maiores informações, acesse o site oficial do ministério da saúde: http://bit.ly/calendarioministeriodasaude


 
0