crianças

O que não pode faltar na bolsa da maternidade

Muitas mamães têm dúvidas em relação ao que se deve colocar na bolsa da maternidade. São muitos itens e é completamente normal não saber, ao certo, o que levar.


O tamanho da bolsa não é o fator mais importante, desde que seja funcional e caiba tudo o que é necessário de maneira confortável. Para manter tudo organizado é interessante que as peças da mamãe e a do bebê em saquinhos separados por dia.


Confira quais são os itens indispensáveis:


Para as mamães:

  • Documentos pessoais;
  • Chinelos;
  • Roupas: calcinhas de algodão, sutiã amamentação, pijama, roupão;
  • Itens de higiene: absorvente, lenços umedecidos, toalhas, shampoo, sabonete, pasta e escova de dente, desodorante;

Para os bebês:

  • Roupas: touca, roupinha de algodão, luvas e meias;
  • Itens de higiene: lenço umedecido, fraldas descartáveis, algodão, álcool 70%, sabonete líquido, pomada para assadura, cotonete;
  • Manta;
  • Fralda de pano;

Um fator que também deve ser levado em consideração na hora de escolher os itens é saber quando o bebê nasce, para que a escolha seja feita em cima do clima da época. Em climas mais quentes, invista em roupinhas mais leves e fininhas, e em climas mais frios opte pelas roupinhas mais quentes.


A quantidade de itens precisa ser planejada de acordo com o tipo de parto, afinal, o tempo de internação da mãe varia entre os partos normal e cesariana. Podendo levar entre um dia e uma semana, em média.


O ideal é que a bolsa seja organizada, em média, 2 meses antes da previsão do nascimento, pois sempre há a possibilidade que o bebê venha antes do previsto. 


Algo muito interessante que pode ser feito é trocar experiências com outras mulheres, principalmente se você for uma mamãe de primeira viagem. Temas como: o que levar na bolsa, banho, amamentação e nascimento dos dentinhos podem ser compartilhados nessas conversas.

Author


Avatar